INTERPRETAÇÃO CLÍNICA DO RESULTADO DA CARGA VIRAL

Gratís

Categorias:Cursos
Acesso ilimitado

Sobre este curso

Em 2013, a OMS recomendou fortemente o uso do
teste de carga viral para prover uma indicação mais precisa da falência ao TARV
e a necessidade de mudança para segunda linha, evitando trocas desnecessárias,
reduzindo o acúmulo de mutações de resistências e melhorar os resultados
clínicos. À luz desta recomendação, Moçambique decidiu elaborar uma directriz
de implementação da carga viral, seguindo as considerações técnicas e
operacionais propostas pela OMS.

A actual fase de implementação implica o uso de
carga viral de forma rotineira em todos os pacientes em TARV. Nesta fase, o
teste de carga viral é usado para monitorar todos os pacientes em TARV e
estabelecer um sistema de alerta precoce para o diagnóstico de falências
terapêuticas. Neste contexto, a Directriz de Implementação da Carga Viral de HIV
em Moçambique descreve o protocolo e algoritmos clínicos, laboratoriais e
programáticos que permitem a implementação da carga viral de forma padronizada.

O presente curso sobre Interpretação Clínica do
Resultado da Carga Viral visa familiarizar os provedores de serviços de saúde
com as definições e processos estabelecidos na Directriz acima citada. Para o efeito
o curso é apresentado em 4 sessões.